Porquinho da Índia

Eles são lindos, fofos e muito dóceis!

Saiba tudo sobre essa maravilhosa alternativa pet!

Você sabia?

Apesar de ter esse nome, o Porquinho da Índia não é suíno, tampouco indiano.

Também conhecido como cuy, preá ou coelho da índia, ele é um roedor da família Caviidae.

Seu nome deve-se ao fato de terem sido descobertos nas chamadas “Índias Ocidentais” (atual continente americano). Logo após sua descoberta, os porquinhos passaram a ser criados para alimentação, já que se reproduziam rápido e ocupavam pouco espaço.

Como atraia muito a atenção das crianças, ao chegarem à Espanha, os porquinhos da índia tornaram-se moda e se espalharam por toda a Europa como animais de estimação.

Características

O porquinho da índia vive de quatro à oito anos, e se reproduz ao longo de todo o ano, gerando de dois à seis filhotes por ninhada. O período de gestação é de 59 a 72 dias.

Quando adultos, os machos medem cerca de 25 cm e pesam de 1200 a 1500 gramas. Fêmeas costumam ser menores e mais leves, tendo em média 20 cm e pesando de 900 a 1200 gramas.

Seu corpo é rechonchudo e compacto, e a cabeça é bem grande em relação a ele. Suas orelhas são caídas, e suas patas bem curtinhas. Os olhos podem ser da cor preta ou vermelha.

Além disso, seu lábio superior é partido e eles não têm cauda.

Temperamento

Os porquinhos são muito dóceis e inteligentes.

Tendem a ser bem carinhosos se criados desde filhotes. Se adquiridos já adultos, seu temperamento pode variar de acordo com sua criação.

A melhor companhia para um porquinho-da-índia é um companheiro do mesmo sexo (a não ser que o macho seja castrado, neste caso poderá conviver com fêmeas).

São animais muito sociais, e costumam conviver bem em dupla ou mesmo em grupo.

Cuidados

Como suas patas não são adaptadas para grades, eles preferencialmente devem ser criados soltos, em um grande cercado de chão liso.

Suas fezes e urina possuem um cheiro bem forte, portanto a limpeza do ambiente deve ser frequente. Porquinhos escolhem um local para fazer suas necessidades, mas se este não for limpo com frequência, ele passará a fazer em outros locais.

Para facilitar a limpeza, o ideal é que a gaiola seja forrada com serragem.

O banho mensal é liberado, desde que seja em água morna. Cuidado com as orelhas!

Natureza

Como, na natureza, eles são presas de quase todos os animais, forneça uma casinha para que ele possa se esconder quando se sentir ameaçado.

Nunca se esqueça da sua natureza, pois ele é um roedor e de algo para gastar seus dentes.

O posicionamento dos seus olhos gera neles alguma dificuldade para calcular distâncias.
Por isso, você deve ter muito cuidado para não os deixar em lugares altos, já que eles podem saltar.

Assim como os cães e gatos, os porquinhos podem ser acostumados ao passeio, mas devem usar coleira especial e não podem ir à locais barulhentos.

Alimentação

Sua alimentação é baseada em ração específica, que é facilmente encontrada.
Você pode complementa-la com frutas e verduras. Eles adoram!

Uma particularidade é que os porquinhos da índia não têm mobilidade intestinal. Por esse motivo, eles devem comer continuamente para que o sistema digestivo deles não pare.

Eles precisam frequentemente de capim ou feno, pois eles contribuem para a saúde do sistema digestivo e dos dentes. Também não conseguem sintetizar de forma natural a vitamina C, portanto esta deverá ser incluída na dieta diária.

Valor

Os porquinhos da índia são facilmente encontrados em Pet Shops de todo país.
Seu preço varia de acordo com a raça, custando entre R$20,00 e R$100,00.

Atenção

Roedores não podem comer frutas cítricas. Elas irritam suas mucosas, causando ulcerações.

Nada de rodinhas para os porquinhos da índia! Elas são muito prejudiciais para suas costas, já que não é um animal flexível.

Saiba mais

O porquinho da índia apresenta uma grande variedade de cores e padrões. Conheça suas raças!

Seja o primeiro a comentar em "Porquinho da Índia"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*