Doenças causadas por pulgas

Pulgas são parasitas externos que, além da coceira, transmitem diversas doenças aos pets.

Prevenção

A prevenção de infestações é feita através de medicamentos específicos.

O grande problema é que não adianta apenas o tratamento no animal, pois cerca de 95% das pulgas estão no ambiente onde ele vive.

A pulga que vemos no animal é somente a fase adulta, que representa apenas 5% da infestação.
As formas jovens são as 95% restantes e encontram-se no ambiente.

O ciclo de vida das pulgas possui quatro fases: ovo, larva, pupa e adulta.

Sabe aqueles farelinhos pretos que às vezes vemos em nossos pets?
São as fezes das pulgas!

Fique atento

Sempre que encontrar pulgas no seu pet, é importante lembrar que elas estão no chão, na cama, no sofá e por todos os outros lugares frequentados por ele.

No verão o problema aumenta, pois o calor e a umidade são muito favoráveis à sua reprodução.

Conheça as doenças causadas por pulgas:

Dermatite alérgica

É uma das alergias mais comuns em cães e gatos.

Essa condição pode ser hereditária, portanto, esses animais não devem ser usados para reprodução.

O que causa a reação alérgica é a saliva da pulga, desencadeando coceira muito intensa na pele do animal.

Outros sintomas são: queda de pelos, feridas, descamação e mau cheiro causado por uma infecção na pele(piodermite).

Não existe cura nos casos de dermatite, sendo seu tratamento feito através de antialérgicos e, em muitos casos, com a administração de antibióticos.


Conheça outros tipos de dermatites atópicas.

Anemia

Pulgas se alimentam do sangue animal. Assim, se houver uma grande infestação, por um tempo prolongado, ele poderá apresentar anemia.

Animais jovens e idosos são os mais suscetíveis á condição, já que são mais sensíveis.

O tratamento é feito através de alimentação reforçada, medicação e controle da infestação. Algumas vezes a transfusão de sangue é necessária.

Verminoses

Pulgas podem transmitir vermes, inclusive aos tutores dos animais.

O mais comum deles é o Dipylidium caninum, que causa diarreia com muito muco e sangue. Esses vermes têm aparência de grãos de arroz quando encontrados mortos nas fezes do animal.

Caso esteja infestado por eles, o animal pode apresentar secreção purulenta nos olhos, barriga inchada, e ataques convulsivos.

O tratamento é feito através de adequados ao tipo de verme.

Transmição de vírus

Acredita-se que as pulgas possam ser transmissoras de vírus de um animal doente para outro sadio.

Dependendo da quantidade de vírus e sua capacidade infectante, o animal poderá desenvolver diversas viroses.

Peste bubônica

Conhecida também como Peste Negra, é uma grave doença infectocontagiosa, provocada pela bactéria Yersinia pestis, que é transmitida pela pulga do rato preto.

Esta doença é rara em cães, também podendo acometer gatos, e o homem.

Os sintomas da peste bubônica incluem gânglios linfáticos inchados e doloridos, febre alta, inflamação, depressão, vômito, desidratação, diarréia, aumento das amígdalas, e anorexia.
O coma é frequente no curso da doença.

Seu tratamento é feito somente perante hospitalização, onde serão tratados os sintomas mais graves através de um ciclo completo de antibióticos.

Os animais enfraquecidos e desidratados, necessitam também de soroterapia.
A incidência de morte é elevada para animais que não são tratados corretamente.

Uma pandemia de peste bubônica  assolou a Europa durante o século XIV , dizimando entre 25 e 75 milhões de pessoas, cerca de um terço de sua população.

Hemobartonelose

É uma doença infecciosa grave causada por uma bactéria, a Haemobartonella felis. Esta bactéria invade as células vermelhas do sangue, causando sua destruição.

A mortalidade nos animais não tratados pode exceder 30%.

Os sintomas apresentados são decorrentes do quadro anêmico que a doença provoca, tais como: apatia, prostração, febre, aumento do baço, mucosas descoradas e amareladas, e perda de peso em função da redução do apetite.

Os casos mais graves são aqueles em que ocorrem as chamadas comorbidades, doenças que surgem em conjunto à Hemobartonelose por razão do sistema imunológico deprimido. Essa condição agrava os sintomas e exige um tratamento mais criterioso.

O tratamento para a doença é complexo e feito mediante hospitalização.

Não há vacinas específicas para a Hemobartonelose, no entanto, um bom controle das pulgas do animal, associado a uma alimentação de qualidade, são importantíssimos para manter seu sistema imunológico sempre ativo.

Conclusão

Para evitarmos todos esses problemas, é imprescindível mantermos nossos pets, e o ambiente em que vivem, sempre limpos e livres de parasitas.

Medicamentos para o controle desses parasitas são encontrados em qualquer Pet Shop.

Leia mais

Conheça todos os problemas trazidos por outros parasitas, os carrapatos.

Seja o primeiro a comentar em "Doenças causadas por pulgas"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*