Gestação canina: Dicas e cuidados

Apesar do ideal ser que castremos nossos animais de estimação, muitas pessoas optam por permitir as crias, ou mesmo resgatam animais abandonados nesse período tão delicado.

Saiba tudo sobre a gestação canina e como você pode ajudar:

A gestação

A gestação canina pode ser confirmada através da palpação, feita pelo veterinário, à partir de 35 dias após a cruza.

Para quem tem mais pressa de um resultado, o ultrassom pode confirmar se a fêmea está prenhe à partir dos 25 dias.

O tempo de gestação varia de acordo com a raça, a condição física e o porte da cadela, ficando sempre entre os 58 e 64 dias. Durante esse período, assim como as mamães humanas, sua amiga precisará de cuidados especiais.

Cuidando da mamãe

Alimentando a vida

A primeira coisa que você deve fazer ao confirmar a gestação, é cuidar da alimentação da cadela.

Como a gestação é muito curta, os filhotinhos estarão se formando durante os dois meses, e precisam de muitas vitaminas. Portanto, a mamãe precisará comer mais e melhor.

Para ajuda-la à formar lindos filhotes, você precisa aumentar a quantidade de ração diária, oferecendo ração à vontade à partir dos 30 dias de gestação (se ela não for obesa).

A melhor escolha

Nesse período primordial, a mamãe precisará comer uma ração especial, que tenha mais proteínas e cálcio.

Calma, se você não tem condições de oferecer uma ração super premium, saiba que a ração ideal para as futuras mamães é a de filhotes!

Isso mesmo, fêmeas gestantes devem ser alimentadas com ração de filhotes até a hora do desmame, podendo ser prolongado para as que emagreceram muito após o parto.

Uma boa ração ajuda à evitar a hipocalcemia, deficiência grave de cálcio e vitamina D, que pode acontecer tanto durante a gestação quanto na amamentação.

Mexendo o esqueleto

Exercício sempre é bem-vindo, e não pense que as mamães devem ser poupadas disso.

É recomendável que a cadela faça atividades físicas leves durante toda a gestação.

O ideal são pequenas caminhadas, longe do sol forte, para facilitar a hora do parto.

Na hora do banho

Uma boa higiene é importante para manter a saúde da mamãe e dos bebês. Porém, se sua cadela for do tipo que se estressa muito durante o banho, a frequência deles deve ser diminuída, pois o estresse pode causar um parto prematuro.

Preparando o ninho

Aproximadamente 60 dias depois da cruza, você pode começar a preparar um local com pouca luminosidade, e longe do vento e da chuva para ela parir.

O lugar precisa ser tranquilo para que ela se sinta segura e possa se dedicar ao parto. Coloque uma caixa de papelão com panos limpos.

Perto da hora do parto, elas costumam procurar um lugar para fazer o ninho. Leve-a até lá.

Atenção

Não dê nenhum remédio ou suplemento que não tenha sido indicado pelo veterinário.

NUNCA aplique injeções contra o cio, principalmente se você não tem certeza se houve a cruza. Se contraceptivos forem usados, em uma tentativa de evitar o parto, os filhotes podem morrer e ficar mumificados dentro da cadela.

Quando isso ocorre, é necessário uma cirurgia para salva-la!

Castre seus pets e evite mais animais abandonados!

Leia também

Saiba os MITOS e VERDADES sobre a castração, aqui.

Seja o primeiro a comentar em "Gestação canina: Dicas e cuidados"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*